7 alimentos que ajudam a combater a insônia e a dormir bem

O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Quais os alimentos que ajudam a combater a insônia? Conheça!

31/05/2021 Alimentos que ajudam a combater a insônia

Você sabia que há uma série de alimentos que ajudam a combater a insônia? Algumas comidas específicas, como, por exemplo, a cereja e o leite, podem te ajudar a dormir melhor por causa dos nutrientes que elas fornecem.

Para que você saiba o que incluir nas suas refeições e consiga entender como as comidas ajudam no sono, listamos sete alimentos que ajudam a combater a insônia, veja:

  • Banana
  • Oleaginosas
  • Arroz branco
  • Peixes gordos
  • Kiwi
  • Leite
  • Cereja

7 alimentos que ajudam a combater a insônia

1. Banana

A banana é uma fruta rica em três nutrientes que ajudam a dormir melhor: o triptofano, o magnésio¹ e o potássio².

O triptofano é um aminoácido que contribui no processo de produção da melatonina e da serotonina, que são dois neurotransmissores que podem ajudar na melhora do humor e do sono³.

A serotonina é o chamado “hormônio da felicidade”, que garante bem-estar e bom humor³. Já a melatonina é um hormônio que é liberado principalmente à noite para ajudar na indução do sono³.

O magnésio é um mineral essencial para o organismo, porque ele regula diversas funções importantes. E, segundo estudos, o seu consumo adequado pode ajudar a combater a insônia⁴ e a evitar distúrbios para dormir⁵.

Assim como o magnésio, o potássio também é um mineral essencial⁶. E, de acordo com um estudo publicado no periódico científico Hypertension Research, a deficiência nutricional deste mineral pode causar distúrbios no sono⁶.

Diante dessas informações, fica claro que a banana faz parte do grupo de alimentos que ajudam a combater a insônia.

2. Oleaginosas

As oleaginosas são um grupo de vegetais ricos em “gorduras boas”, além de diversos outros nutrientes benéficos ao organismo. Este grupo de alimentos é constituído por castanhas, amendoins, amêndoas e nozes.

Entre os nutrientes que elas proporcionam estão o triptofano, o magnésio e o zinco⁷. Os benefícios do triptofano e do magnésio você já conheceu no tópico anterior⁷.

Já o zinco você entenderá agora. Ele também é um mineral essencial que pode ajudar a dormir melhor, porque atua em processos que auxiliam na regulação do sono⁸.

Além disso, as oleaginosas também são ricas em melatonina, que, como já dito, é um hormônio que ajuda na indução do sono⁹.

Sendo assim, as oleaginosas são alimentos que ajudam a combater a insônia e podem te auxiliar a ter noites mais tranquilas¹⁰.

3. Arroz branco

O arroz branco é um alimento que possui um alto índice glicêmico, o que significa que o seu consumo promove um grande aumento nos níveis de açúcar e insulina no sangue.

Mas o que isso importa para o sono? Essa reação ajuda o triptofano a chegar mais rapidamente ao cérebro, ajudando a dormir melhor¹¹.

Inclusive, uma pesquisa publicada na revista científica The American Journal of Clinical Nutrition mostrou que o consumo de alimentos com alto índice glicêmico pode melhorar a qualidade do sono¹².

Outro estudo, publicado no periódico PLUS One, indicou que um alto consumo de arroz branco está associado a um bom sono¹³.

4. Peixes gordos

Os peixes gordos são o salmão, o atum, a truta, entre outros. Eles são alimentos que ajudam a combater a insônia, porque possuem altas concentrações de vitamina D e ômega 3.

Estes dois nutrientes contribuem para a regulagem da produção de serotonina, que, como dissemos anteriormente, pode ajudar a melhorar o humor e a dormir bem¹⁴.

Aliás, um estudo analisou o impacto que o consumo regular de peixes gordos tem no sono¹⁵. Eles acompanharam um grupo de pessoas que comeram peixes gordos três vezes por semana durante seis meses¹⁵.

O resultado foi que esse hábito alimentar trouxe efeitos positivos ao sono, ajudando a dormir melhor¹⁵.

5. Kiwi

O kiwi é uma fruta extremamente nutritiva, visto que fornece boas quantidades de diversos nutrientes, como, por exemplo, potássio, magnésio, ácido fólico, carotenóides e muitos outros¹⁶.

E, segundo estudos, o kiwi é um dos alimentos que ajudam a combater a insônia¹⁴ por causa da alta capacidade antioxidante e das grandes concentrações de serotonina e ácido fólico¹⁷.

Essas características ajudam a dormir melhor, porque a deficiência de ácido fólico está relacionada ao desenvolvimento de insônia¹⁴.

E a ação antioxidante previne o estresse oxidativo, que é uma condição que está associada ao desenvolvimento de distúrbios do sono¹⁴.

Inclusive, um estudo que buscava entender os efeitos do kiwi na qualidade do sono de pessoas com problemas para dormir, concluiu que o consumo da fruta pode ajudar a melhorar a duração e a qualidade do sono¹⁷.

6. Leite quente

O leite quente é um dos alimentos que ajudam a combater a insônia, porque ele é muito nutritivo, possuindo quatorze vitaminas e minerais em sua composição¹⁴.

As vitaminas B6, B12 e D, que proporcionam benefícios ao sono, estão inclusas nesta lista de nutrientes¹⁴. Veja as ações delas:

  • a vitamina B6 atua na produção da serotonina e da melatonina¹⁴;
  • a vitamina B12 ajuda a controlar as concentrações de melatonina¹⁴;
  • a vitamina D pode auxiliar a dormir mais rápido e por mais tempo¹⁴.

Além disso, o leite quente também possui uma alta concentração de melatonina¹⁴. Ou seja, é um ótimo alimento que ajuda a combater a insônia.

7. Cereja

A cereja possui altas concentrações de melatonina e fitonutrientes em sua composição, características que as colocam na lista dos alimentos que ajudam a combater a insônia¹⁴.

A grande quantidade de melatonina que ela oferece ao organismo pode ajudar a dormir bem e a melhorar distúrbios do sono¹⁸.

Já os fitonutrientes são antioxidantes naturais que proporcionam efeitos anti-inflamatórios¹⁹. Diante disso, o consumo de cereja afeta citocinas anti-inflamatórias que atuam na modulação do sono, melhorando-o e evitando distúrbios²⁰.

Aliás, uma pesquisa publicada na revista científica American Journal of Therapeutics estudou os efeitos do suco de cereja em pessoas com insônia²¹. A conclusão foi que o suco melhora a qualidade e a duração do sono²¹.

Suplementos ajudam a combater a insônia?

O consumo de suplementos alimentares é um bom acréscimo aos alimentos que ajudam a combater a insônia.

Isso porque eles podem ajudar no fornecimento dos nutrientes que atuam na regulação e na melhora do sono.

Entretanto, antes de iniciar o consumo de suplementos, recomendamos consultar um nutricionista para avaliar se eles são adequados às suas necessidades nutricionais. Afinal, eles são complementos à alimentação e, não, substitutos dela.

Caso o médico libere o consumo e você queira um suplemento que ajuda a combater a insônia, indicamos o Vitasay50+ Serenne.

Ele foi desenvolvido com 700mg de triptofano e outras vitaminas que auxiliam na produção de serotonina e melatonina, como, por exemplo, as vitaminas B6 e o ácido fólico.

O que você achou dos alimentos que ajudam a combater a insônia? Que tal incluí-los nas suas refeições?

Para mais dicas comprovadas cientificamente sobre qualidade do sono, bem-estar e saúde, acesse o nosso blog e confira outros conteúdos!

Referências consultadas

1. Office of Dietary Supplements. Fact Sheet for Health Professionals: Magnesium. U.S. National Institutes of Health. 2018.

2. Office of Dietary Supplements. Fact Sheet for Health Professionals: Potassium. U.S. National Institutes of Health. 2018.

3. Friedman M. Analysis, Nutrition, and Health Benefits of Tryptophan. Int J Tryptophan Res. 2018;11:1178646918802282.

4. Abbasi B, Kimiagar M, Sadeghniiat K, Shirazi MM, Hedayati M, Rashidkhani B. The effect of magnesium supplementation on primary insomnia in elderly: A double-blind placebo-controlled clinical trial. J Res Med Sci. 2012;17(12):1161-1169.

5. Chollet D, Franken P, Raffin Y, et al. Magnesium involvement in sleep: genetic and nutritional models. Behav Genet. 2001;31(5):413-425.

6. Heizhati M, Zhang Y, Shao L, et al. Decreased serum potassium may disturb sleep homeostasis in essential hypertensives. Hypertens Res. 2019;42(2):174-181.

7. Ros E, Izquierdo-Pulido M, Sala-Vila A. Beneficial effects of walnut consumption on human health: role of micronutrients. Curr Opin Clin Nutr Metab Care. 2018;21(6):498-504.

8. Cherasse Y, Urade Y. Dietary Zinc Acts as a Sleep Modulator. Int J Mol Sci. 2017;18(11):2334. Published 2017 Nov 5.

9. Peuhkuri K, Sihvola N, Korpela R. Dietary factors and fluctuating levels of melatonin. Food Nutr Res. 2012;56:10.3402/fnr.v56i0.17252.

10. Reiter RJ, Manchester LC, Tan DX. Melatonin in walnuts: influence on levels of melatonin and total antioxidant capacity of blood. Nutrition. 2005;21(9):920-924.

11. Tanaka E, Yatsuya H, Uemura M, et al. Associations of protein, fat, and carbohydrate intakes with insomnia symptoms among middle-aged Japanese workers. J Epidemiol. 2013;23(2):132-138.

12. Afaghi A, O’Connor H, Chow CM. High-glycemic-index carbohydrate meals shorten sleep onset [published correction appears in Am J Clin Nutr. 2007 Sep;86(3):809]. Am J Clin Nutr. 2007;85(2):426-430.

13. Yoneyama S, Sakurai M, Nakamura K, et al. Associations between rice, noodle, and bread intake and sleep quality in Japanese men and women. PLoS One. 2014;9(8):e105198.

14. St-Onge MP, Mikic A, Pietrolungo CE. Effects of Diet on Sleep Quality. Adv Nutr. 2016;7(5):938-949.

15. Hansen AL, Dahl L, Olson G, et al. Fish consumption, sleep, daily functioning, and heart rate variability. J Clin Sleep Med. 2014;10(5):567-575.

16. Richardson DP, Ansell J, Drummond LN. The nutritional and health attributes of kiwifruit: a review. Eur J Nutr. 2018;57(8):2659-2676.

17. Lin HH, Tsai PS, Fang SC, Liu JF. Effect of kiwifruit consumption on sleep quality in adults with sleep problems. Asia Pac J Clin Nutr. 2011;20(2):169-174.

18. Zeng Y, Yang J, Du J, et al. Strategies of Functional Foods Promote Sleep in Human Being. Curr Signal Transduct Ther. 2014;9(3):148-155.

19. Halson SL. Sleep in elite athletes and nutritional interventions to enhance sleep. Sports Med. 2014;44 Suppl 1(Suppl 1):S13-S23.

20. Yurcheshen M, Seehuus M, Pigeon W. Updates on Nutraceutical Sleep Therapeutics and Investigational Research. Evid Based Complement Alternat Med. 2015;2015:105256.

21. Losso JN, Finley JW, Karki N, et al. Pilot Study of the Tart Cherry Juice for the Treatment of Insomnia and Investigation of Mechanisms. Am J Ther. 2018;25(2):e194-e201.22. American Sleep Association. Top 10 foods that help you sleep.

posts relacionados

Vitalidade aos 50?

Vitasay50+ foi desenvolvido para atender as necessidades específicas do consumidor a partir dos 50 anos, proporcionando vitalidade para aproveitar e prolongar essa fase da melhor forma possível. Vitasay50+ seu hoje cada vez melhor.