Vitamina C: como suplementar, para que serve e benefícios 🍊

O nosso website utiliza cookies para lhe identificar e aprimorar a sua experiência de navegação.
Alguns cookies são necessários, outros são utilitários, analíticos ou de marketing. Ao continuar navegando, você concorda com os termos da nossa Política de Cookies.

Como suplementar a vitamina C? Para que ela serve?

08/06/2021 como suplementar vitamina c

Consultar um nutricionista e realizar exames com frequência é essencial para manter uma dieta saudável e saber como suplementar a vitamina C caso seja preciso. Afinal, ela possui ação antioxidante e ajuda o sistema imunológico¹. Essa combinação de propriedades a torna um nutriente muito importante para a sua saúde¹.

Então, para que você entenda a importância da vitamina C para o organismo, conheça todos os seus benefícios com detalhes e saiba como consumi-la adequadamente, nós elaboramos este texto. Sendo assim, você irá encontrar informações sobre os seguintes tópicos:

  • O que é e para que serve a vitamina C?
  • Quais são os benefícios da vitamina C?
  • Qual a dose diária recomendada de vitamina C?
  • O excesso de vitamina C pode causar pedra nos rins?
  • Como suplementar a vitamina C

O que é e para que serve a vitamina C?

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é uma vitamina hidrossolúvel essencial, o que significa que o corpo não a produz naturalmente e o seu excesso é descartado na urina¹.

Por conta disso, é necessário manter uma dieta diversificada que supra as necessidades de vitamina C do seu organismo. O bom é que ela é encontrada em muitos alimentos de fácil acesso, como laranja, kiwi, acerola, brócolis, entre outros¹.

Esse nutriente desempenha um papel muito importante em várias funções do organismo, tanto que é possível fazer uma lista extensa¹:

  • ajuda no metabolismo de proteínas;
  • é necessária para a produção do colágeno, proteína que influencia na resistência da pele;
  • melhora a cicatrização, pois este processo está diretamente relacionado com o colágeno;
  • ajuda na saúde do sistema imunológico;
  • auxilia na absorção do ferro não-heme, versão do mineral que também é encontrada em alimentos vegetais, mas possui absorção menor.

São muitas as funções da vitamina C, não é mesmo? E tem mais! Além disso tudo, ela também possui propriedades antioxidantes, sendo capaz de combater radicais livres¹.

Por isso, é possível que você já tenha visto dermocosméticos, como hidratantes, que contavam com ela em sua composição.

A sua ação antioxidante pode trazer benefícios anti-idade para a pele, o que a faz estar presente em vários produtos de skincare².

Quais são os benefícios da vitamina C?

Suplementar a vitamina C pode trazer diversos benefícios para o corpo, mas três vantagens que ela proporciona valem ser destacadas¹:

  • Melhora a imunidade;
  • Ajuda na saúde cardiovascular;
  • Possui efeito anti-aging.

Melhora a imunidade

Como dito anteriormente, a vitamina C possui um papel importante na saúde do sistema imunológico. E ela desempenha essa função de três formas³:

  • estimulando a produção de linfócitos e fagócitos, que são células fundamentais para o combate a infecções³;
  • também melhora a eficácia dessas duas células, assim como as protege de possíveis danos³;
  • fortalecendo o sistema de defesa da pele³.

Por conta dos benefícios que a vitamina C proporciona para o organismo, ela consegue ampliar o poder de proteção do sistema imunológico¹. Assim, diminui-se consideravelmente as chances de desenvolver certas condições¹.

Além disso, como também já dissemos, esse nutriente pode melhorar a cicatrização devido à sua importância para a produção do colágeno, que é a proteína que compõe uma cicatriz⁴. Sendo assim, a vitamina C também amplifica o processo de cura de machucados e feridas⁴.

Ajuda na saúde cardiovascular

A vitamina C pode reduzir as chances de você ter problemas cardiovasculares indiretamente¹. Isso porque ela consegue diminuir as chances de você desenvolver algumas condições que podem levar a elas¹.

Por conta de sua ação antioxidante, ela é muito efetiva na prevenção contra uma condição chamada estresse oxidativo, que se caracteriza pelo excesso de radicais livres no organismo⁵. Esse problema pode ser o causador de doenças crônicas e cardíacas⁵.

Além disso, a vitamina C possui uma pequena capacidade de diminuir a pressão alta, o que também pode ajudar a diminuir o risco de doenças cardíacas¹. Entretanto, vale ressaltar que, como dissemos, o efeito é mínimo nessa questão.

Possui efeito anti-aging

Principalmente por conta de sua ação antioxidante, a vitamina C é um nutriente com uma alta capacidade de proporcionar efeitos anti-idade na pele⁶.

Isso acontece porque a sua propriedade antioxidante a torna capaz de combater radicais livres, que são um dos responsáveis pelo envelhecimento da pele e pelo surgimento de rugas².

E, além desse fator, ela também estimula a produção de colágeno, uma proteína que garante a resistência da pele¹. Diante disso, é possível encontrar diversos dermocosméticos que utilizam a vitamina C como ingrediente principal.

Ou seja, a vitamina C é realmente um ótimo nutriente para a saúde da sua pele e os dermocosméticos com esse ingrediente são eficazes².

Quais alimentos possuem alta quantidade de vitamina C?

Essa vitamina pode ser encontrada em grande quantidade em frutas e vegetais, como os seguintes¹:

  • Laranja;
  • Brócolis;
  • Batata;
  • Kiwi;
  • Limão;
  • Mamão;
  • Morango.

Portanto, procure incluir estes alimentos em suas refeições. Mas, vale ressaltar que é necessário sempre ter o acompanhamento de um médico para que ele avalie possíveis deficiências nutricionais e identifique a necessidade de suplementar a vitamina C.

A deficiência dessa vitamina apresenta pode causar fadiga, mal-estar, dor nas articulações, inflamação nas gengivas, entre outras condições⁸. Por isso, procure suprir as suas necessidades nutricionais.

O excesso de vitamina C pode causar pedra nos rins?

A vitamina C apresenta um baixo nível de toxicidade¹. Desse modo, o seu consumo excessivo, geralmente, causa diarréia, náusea e dores gastrointestinais¹. Esses sintomas são as consequências do organismo não ter conseguido absorver toda a quantidade.

Contudo, a ingestão excessiva por tempo prolongado pode causar o aumento de excreção de ácido úrico e oxalato de cálcio, o que, em tese, poderia provocar pedras nos rins¹. Mas ainda não há estudos que comprovem essa associação¹.

Além disso, por ser uma vitamina hidrossolúvel, que tem seu excesso descartado por meio da urina, não há benefício nenhum em consumi-la em altas quantidades¹.

Como suplementar a vitamina C

Primeiramente, para descobrir se você precisa saber como suplementar a vitamina C, é necessário visitar um nutricionista para que ele avalie todas as suas necessidades e aponte possíveis deficiências de nutrientes.

Se porventura você fizer parte do grupo de pessoas que necessitam suplementar a vitamina C, nossa recomendação de suplemento é o Vitasay50+ Imune. Além de vitamina E, selênio e zinco, ele possui um grama de vitamina C por dose, o que auxilia nas funções do sistema imunológico.

Gostou de aprender como suplementar a vitamina C? Esperamos que o artigo tenha te ajudado! Veja outros conteúdos nossos para mais informações sobre saúde cientificamente comprovadas.

Referências consultadas

1. Office of Dietary Supplements. Fact Sheet for Health Professionals: Vitamin C. U.S. National Institutes of Health. 2018.

2. Pullar JM, Carr AC, Vissers MCM. The Roles of Vitamin C in Skin Health. Nutrients. 2017;9(8):866. Published 2017 Aug 12.

3. Carr AC, Maggini S. Vitamin C and Immune Function. Nutrients. 2017;9(11):1211.

4. Moores J. Vitamin C: a wound healing perspective. Br J Community Nurs. 2013;Suppl:S6-S11.

5. Spoelstra-de Man AME, Elbers PWG, Oudemans-Van Straaten HM. Vitamin C: should we supplement?. Curr Opin Crit Care. 2018;24(4):248-255.

6. Rattanawiwatpong P, Wanitphakdeedecha R, et al. Anti-aging and brightening effects of a topical treatment containing vitamin C, vitamin E, and raspberry leaf cell culture extract: A split-face, randomized controlled trial. J Cosmet Dermatol. 2020;19(3):671-676.

7. Harvard T.H. Chan School of Public Health. The Nutrition Source: Vitamin C. 2020.

posts relacionados

Vitalidade aos 50?

Vitasay50+ foi desenvolvido para atender as necessidades específicas do consumidor a partir dos 50 anos, proporcionando vitalidade para aproveitar e prolongar essa fase da melhor forma possível. Vitasay50+ seu hoje cada vez melhor.