Imagem do post Minerais quelatos: o que são, benefícios e onde encontrar

Você com certeza já ouviu falar de minerais quelatos e como eles trazem diversos benefícios para a nossa saúde. Mas você sabe o que eles são?

O nosso corpo precisa de minerais, ou seja, nutrientes, que são essenciais para manter o seu bom funcionamento. No entanto, alguns deles são difíceis de serem absorvidos. ¹

É aí que entram os minerais quelatos, grandes ajudantes nesse processo. A seguir, entenda mais sobre os minerais quelatos, quais são seus benefícios e onde encontrar.

O que são minerais?

Antes de saber quais os benefícios e como obter minerais quelatos, você precisa saber o que são minerais e sua importância.

Conforme dito anteriormente, precisamos de minerais para o nosso corpo funcionar corretamente. ²

Entre essas funções estão, por exemplo, o crescimento, as contrações musculares, a saúde óssea, equilíbrio de fluidos, entre outras funções corporais. ²

Obter esses nutrientes pode não ser tão fácil assim, já que o nosso corpo não produz esses minerais. Portanto, devem ser obtidos pela alimentação. ²

Contudo, muitos dos minerais essenciais para essas e outras funções são de difícil absorção pelo corpo. ²

Sendo assim, os minerais quelatos estão ganhando cada vez mais atenção por quem busca melhorar essa absorção.

Mas, afinal, o que são minerais quelatos?

Agora que você já sabe o que são minerais e qual a função em nosso corpo, vamos te explicar o que são minerais quelatos.

Como os minerais são difíceis de serem absorvidos pelo corpo, em certos casos é preciso a suplementação deles para manter o corpo funcionando.

Os minerais quelatos são minerais ligados a agentes quelantes, como, por exemplo, compostos orgânicos, peptídeos, polissacarídeos complexos e aminoácidos. ³

Quando essa ligação acontece e é ingerida, aumenta-se a disponibilidade biológica, estabilidade do mineral e solubilidade. ³

Assim, ele é melhor aproveitado e absorvido pelo organismo.

Para que servem minerais quelatos?

A ligação entre minerais com agentes quelantes ajuda a evitar que os minerais interajam com outros compostos. ³

Além disso, ao estarem ligados a esses compostos, o organismo tem maior facilidade ao reconhecer e absorver esses nutrientes. ³

Sendo assim, os minerais quelatos ajudam a aumentar a absorção de nutrientes pelo organismo, quando comparado à absorção de nutrientes por alimentação. ³

Quais os benefícios dos minerais quelatos?

Além de aumentar e melhorar a absorção de nutrientes pelo organismo, os benefícios do uso de minerais quelatos são diversos. ³

Isso porque, ao aumentar a absorção dos minerais, é ampliado também a ação e função de cada um dos nutrientes em nosso corpo. ²

Alguns desses benefícios são:

  • prevenção do envelhecimento da pele; ²
  • redução do risco de doenças cardiovasculares; ²
  • melhora da absorção digestiva; ²
  • maior facilidade de eliminação de toxinas; ²
  • aumento de energia. ²

Minerais quelatos têm mesmo melhor absorção?

Assim como explicado anteriormente, minerais quelatos possuem melhor absorção que os minerais não quelatos (seja por alimentação ou suplementos). ³

Há vários estudos que comprovam que sim, os minerais quelatos têm melhor absorção, comparando a absorção dos dois, quelatos e não quelatos. 4

Um deles, foi um estudo com 15 adultos, que descobriu que o zinco quelato foi absorvido cerca de 11% de forma mais eficaz do que o zinco não quelato (como o óxido de zinco). 4

Outro feito com 30 adultos observou que o glicerofosfato de magnésio quelato aumentou significamente os níveis de magnésio no sangue, comparado ao magnésio não quelatado.5

Quais são os minerais quelatos?

Como já dito, a maioria dos minerais podem ser encontrados em suplementos de minerais quelatos.

Os mais comuns e procurados são:  4

  • Cálcio;
  • Magnésio;
  • Potássio;
  • Cobre;
  • Zinco;
  • Ferro;
  • Molibdênio.

Cada um desses possui a sua função no organismo, como, por exemplo, o zinco para aumentar a imunidade e o cálcio para fortalecimento dos ossos. 4

Cálcio e vitamina D X minerais quelatos: entenda a relação

Quando falamos em suplementar minerais e vitaminas, é importante ressaltar o cálcio e a vitamina D.

 A vitamina D, dentre suas diversas funções, é essencial para uma melhor absorção do cálcio pelo intestino. 6

Como já citado, o cálcio fortalece os ossos, e além disso, trata e previne o aparecimento de osteoporose e reduz os riscos de fraturas graves. 6

Assim como todo mineral, o cálcio e a vitamina D, quando em forma quelatada, têm a sua absorção maior ainda do que se consumida em suplemento tradicional. 3

Como o cálcio é mais absorvido com a vitamina D, e mais ainda quando em forma de mineral quelato, o ideal é usar suplementos que combinem esses dois componentes. 6

Porém, como em todo e qualquer uso de minerais quelatos, é necessário a consulta com um médico para orientação adequada.

Onde encontrar minerais quelatos?

Posto que os minerais encontrados na água e em outros alimentos não são suficientes em alguns casos, é preciso a suplementação. ¹

A maioria dos minerais que o nosso corpo precisa está disponível na forma quelatada, e podem ser encontrados na forma de suplemento, em farmácias para suplementar.

Isso porque, ao aumentar a absorção dos minerais, é ampliado também a ação e função de cada um dos nutrientes em nosso corpo. ²

Quem pode usar minerais quelatos?

Apesar dos minerais quelatos aumentarem a absorção de certos minerais, para a maioria dos adultos saudáveis os minerais não quelados são suficientes. ²

Contudo, em pessoas mais velhas, o benefício dos minerais quelatos é maior, sendo então recomendado para esse grupo de pessoas. ²

Conforme envelhecemos, passamos a produzir menos ácido estomacal, afetando, assim, a absorção de minerais. ²

Igualmente vale para quem sente dor de estômago após ingerir suplementos, pois, ao tomar minerais quelatos, serão menos dependentes do ácido estomacal para digestão.²

Outros grupos que podem se beneficiar usando os minerais quelatos são mulheres grávidas, veganos e doadores de sangue (com suplementação regular). ²

Caso você tenha a intenção de fazer o uso de minerais quelatos, fale antes com um profissional da saúde.

Santos S, Vinderola G, Santos L, Araujo E. Bioavailability of chelated and non-chelated minerals: a systematic review. Rev. chil. nutr. 2018;45(4):381-392Tardy AL, Pouteau E, Marquez D, Yilmaz C, Scholey A. Vitamins and Minerals for Energy, Fatigue and Cognition: A Narrative Review of the Biochemical and Clinical Evidence. Nutrients. 2020;12(1):228. Stout MD, Nyska A, Collins BJ, et al. Chronic toxicity and carcinogenicity studies of chromium picolinate monohydrate administered in feed to F344/N rats and B6C3F1 mice for 2 years. Food Chem Toxicol. 2009;47(4):729-33.Wegmüller R, Tay F, Zeder C, Brnic M, Hurrell RF. Zinc absorption by young adults from supplemental zinc citrate is comparable with that from zinc gluconate and higher than from zinc oxide. J Nutr. 2014;144(2):132-6.Blancquaert L, Vervaet C, Derave W. Predicting and Testing Bioavailability of Magnesium Supplements. Nutrients. 2019;11(7):1663.Muscogiuri G, Barrea L, Altieri B, et al. Calcium and Vitamin D Supplementation. Myths and Realities with Regard to Cardiovascular Risk. Curr Vasc Pharmacol. 2019;17(6):610-61.